NEUROTECNOLOGIA NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA: RUMO AO FUTURO DA MOBILIDADE!

 NEUROTECNOLOGIA NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA: RUMO AO FUTURO DA MOBILIDADE!
Compartilhe

A evolução tecnológica na indústria automotiva tem sido constante e impressionante, com inovações que vão desde sistemas autônomos de condução até a integração de inteligência artificial. No entanto, a revolução mais recente e promissora é a incorporação da neurotecnologia. Este avanço não apenas redefine a interação entre motorista e veículo, mas também pode trazer benefícios significativos em termos de saúde mental, segurança e personalização da experiência de condução.

A BMW revelou o IX Flow, um SUV que possui a capacidade de mudar sua cor com base nos estímulos cerebrais do motorista. Esta inovação, desenvolvida em parceria com a startup Brainboost, utiliza uma tecnologia que permite a troca de cores da carroceria do veículo. Ao ser estimulado por sinais elétricos, o carro altera sua cor exterior, refletindo o estado mental do motorista. Essa fusão de tecnologia e design não é apenas esteticamente impressionante, mas também serve como uma ferramenta de conscientização sobre a saúde mental, incentivando os motoristas a se acalmarem e relaxarem. A interação é facilitada por um eletroencefalograma (EEG) que registra a atividade elétrica cerebral e, através do neurofeedback, permite que os usuários compreendam e ajustem sua atividade cerebral.

A Nissan também está na vanguarda dessa revolução, tendo anunciado o desenvolvimento de uma tecnologia chamada Brain-to-Vehicle (B2V). Essa inovação interpreta os sinais cerebrais do motorista, permitindo que o carro antecipe suas ações e reações. Através dessa conexão direta entre cérebro e veículo, o carro pode prever, por exemplo, se o motorista pretende virar em uma esquina específica ou se está sentindo desconforto, ativando, nesse caso, sistemas autônomos para assumir o controle.

Entretanto, a Mercedes-Benz pode ter levado a integração de Neurotecnologia a um novo patamar com o Vision AVTR. Inspirado na conexão neuronal do filme Avatar e desenvolvido em parceria com a Disney, este carro conceito não apenas responde aos pensamentos do motorista em relação à direção, mas também permite que eles alterem a luz ambiente e a estação de rádio simplesmente com o poder do pensamento. Esta tecnologia, conhecida como interface cérebro-computador (BCI), tem o potencial de transformar não apenas a indústria automotiva, mas também áreas como a medicina, permitindo maior independência para pessoas com deficiências físicas.

Em resumo, a era da Neurotecnologia na indústria automotiva está apenas começando. Com montadoras como BMW, Nissan e Mercedes-Benz liderando o caminho, podemos esperar um futuro onde a conexão entre cérebro e veículo não apenas redefine a experiência de condução, mas também nos ajuda a entender melhor nossa própria mente. Essas inovações representam não apenas um avanço tecnológico, mas também um passo à frente na fusão harmoniosa entre homem e máquina.

Sites Referência: https://www.terra.com.br/carros-motos/bmw-revela-suv-que-muda-de-cor-com-a-forca-do-pensamento,2853642b2727db47dfb64bf8fca74f2d14s4pq9h.html https://olhardigital.com.br/2018/01/04/carros-e-tecnologia/nova-tecnologia-controla-carros-com-o-poder-da-mente/ https://www.mundoconectado.com.br/carros/mercedes-benz-vision-avtr-carro-do-futuro-podera-ser-dirigido-com-o-poder-da-mente/ https://olhardigital.com.br/2023/09/03/carros-e-tecnologia/audi-q6-e-tron-tem-duas-telas-oled-e-realidade-aumentada-no-parabrisa/


Compartilhe